quinta-feira, 27 de março de 2008

Pra não dizer que não falei da juventude...

Pesquisando na internet, encontrei esse texto, e resolvi postar, pois achei tal poesia de um nível idêntico aos desejos e anseios que eu, e os demais integrantes do grupo Arte na Ruína... Sonhamos... Com um mundo mais justo, sem sensura à arte, e com mais espaços para manifestações artisticas e culturais. Infelismente, é difícil trabalhar com arte e cultura em Xapuri, mas, com união, esforço e acima de tudo sonhos, estamos conseguindo mostrar nossa arte através de sonhos que começam à se tornar realidade.
Fica aqui postado o meu orgulho de fazer parte do "movimento" Arte na Ruína, e afirmar que é possível realizar sonhos, desde que nunca deixe de sonhar...

Diego Ferraz

Pra não dizer que não falei de Juventude

Onde foram os jovens que enfrentam canhões?
Onde foi a música que arrastou multidões?
Onde foi o sonho de o mundo mudar?
Será que todos eles pararam de sonhar?

Tinham tantos sonhos, muito brilho no olhar
Não tinham medo de a vida entregar
Em todas as partes estavam aos milhões
Era nas escolas, campos, construções...

Quem roubou o sonho e a esperança?
Quem matou a verdade de nossas crianças?
Quem usou da mídia pra enganar?
Quem te contou que os jovens pararam de lutar?

Onde foram os jovens que pintaram a cara?
Onde estão aqueles que provaram o pau de arara?
Onde foi aquele grito forte de tanta dor?
Não podemos parar, gritem por favor!

Falta muita luta, muita busca, muita dor
Ainda não estamos vivendo...
Ainda não estamos vivendo...
Ainda não estamos vivendo...
Na civilização do amor...


de Juliano André Romitti Fleck
Ijuí - RS

Um comentário:

Marcela disse...

Parabéns aos inciadores do blog

temos mesmoq ue mostrar o que Xapuri tem de melhor e também o q não é bom.

Todos os assuntos até agora estão ótimos.

e vamos afzer crescer